“Então você não trabalha?”

Recebi da minha amiga Debbie Holiver. Já vi demais acontecer. O último diálogo parece ser em homenagem ao @gustavofloide.


Para desespero dos mestrandos e doutorandos

– E aí, o que você faz?
– Faço pós-graduação.
– Sim, mas no quê você trabalha?
– Faço minha pesquisa de pós-graduação.
– Ah, então você é apenas estudante, ainda não trabalha… (com ar de admiração)
– Sim, mas tenho bolsa, e a bolsa…
– A bolsa é para não pagar a mensalidade, né? Tenho um amigo/tio/irmão-do-primo-do-vizinho que também ganhava bolsa, conseguiu 50% de desconto.
– Não, não é esse tipo de bo…
– Ele(a) está quase terminando a pós. Depois, vai fazer mestrado. Mas antes, a especialização
– Mas é que eu faço…mestrado/doutorado
– Mas e a pós, é apenas nos finais de semana, não é mesmo? E o quê você faz durante todo o resto do tempo?
– …
***
Chega aquele parente que você não vê há tempos:
– E aí, como vão as coisas?
– Tudo bem. Ufa (ar de alívio), estou quase terminando a pós (mestrado/doutorado)
– Mas então, você ainda não trabalha?
– Bem… estou fazendo minha pesquisa da pós, super-ocupado agora que estou no final e…
– Mas e o resto do tempo (referindo-se à semana, aos dias úteis), o que você faz?
– …
***
Um amigo liga:
– E aí cara, vamos sair?
– Cara, hoje não posso, estou super-atarefado com a pesquisa
– Ei, mas hoje é sábado
– Sim, mas estou apertado
– Duvido que você esteja apertado e não tenha 2 horas para sair (com ar de indignação)
– Pior é que estou, tenho que terminar uma tarefa para a semana que vem, e já estou há duas semanas fazendo isso, sem folga nem nos fins de…
– Ah, entendo (com ar de ceticismo e desaprovação). Também vivo ocupado.
– Então, que bom que compreende
– Mas todos nós temos os nossos problemas. Os seus não são justificativa para não vir, e (…)
– …
***
E tem aqueles que, pelo simples fato de para eles “não trabalhar” (com muitas aspas), o bolsista só poderia ser um vagabundo:
(…)
– Então você ainda não trabalha?
– É que faço pós, e…
– Tá, mas que pós você faz?
– Faço mestrado/ou/doutorado em…
– Ei, espera aí, você disse que fazia pós!
– Sim, faço mestrado/ou/doutorado!
– Não, primeiro vem a pós, depois a especialização, depois o mestrado e então o doutorado
– Sim, mas existe uma diferença, a pós stricto sensu, e a lato sensu. “Pós” é tudo isso junto, e faço mestrado/ou/doutorado
– Nunca ouvi falar disso, acho que não é bem assim. Mas então você faz mestrado/ou/doutorado…
– Sim.
– É, mas ainda tem que fazer MBA. É o último nome em negócios, bem melhor do que pós…
– …
Variação I
– Ah, entendi, você faz mestrado/ou/doutorado. Tenho um amigo/tio/irmão-do-primo-do-vizinho que fez mais ainda: fez PHD (“Philosophy Doctor”, que corresponde ao título de Doutor no Brasil)
– …
Variação II:
– É, tenho um amigo/tio/irmão-do-primo-do-vizinho que também faz pós, e ainda trabalha
– …
***
– Ah, então você faz pós? Também fiz pós, mas já terminei
– O que você fez?
– Fiz ASDFPQPIURUIR na Uni-Esquina, e APDOFDUR, na Fa-Cil
– Hmmm
– Os professores de lá são super-renomados. São melhores que os das estaduais/federais. O curso é relâmpago, último nome em educação empresarial. E ainda os preços são super-baixos.
– O.o
– Você faz federal, né? Mas vai nessa, continua se dedicando que um dia você chega lá!
– Hum… Obrigado
– Mas e aí, você trabalha?

7 respostas para “Então você não trabalha?”

  1. Luana disse:

    Hahahahahahhahahahahhahahahahaahahahaa
    AMEIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
    Já passei por alguma dessas situações, com algumas variáveis:

    _Nossaaaaaaaaa, mas então você não trabalha????
    Respondo: _Bolsista não pode trabalhar, mas estuda MUITO e tem que cumprir…
    _Ô vida boa heim!

    Huahauahauahu

  2. Por isso que eu já falo que trabalho fazendo pesquisa na USP. Assim, além de tirar essa coisa de “Você não trabalha?” ainda faz parecer que eu sou fodão (pesquisador da USP!!! oooh!!!).

  3. Leandro Lima disse:

    Muito bom!

    “fez mais ainda: fez PHD”! rsrs..

  4. Evanildo disse:

    Ah!

    Diálogos clássicos! Ótimo!

    Em geral comigo é:

    — O que você faz?
    — Faço doutorado.
    — Mas você trabalha também?
    — Ei, tá pensando o que?! Isso É[!] meu trabalho! E você é quem me sustenta! =)

  5. Walter disse:

    Eu sou mais chique. Quando perguntam, respondo:

    1. Sou um pesquisador da Usp financiado pela Capes (especialmente se quero impressionar uma garota “pouco estudada” ou se sei que não adianta eu explicar muita coisa) ou;

    2. Não, eu não posso exercer atividade renumerada: eu sou pago para estudar numa universidade pública e, ainda por cima, eles me proíbem de trabalhar… (essa, confesso, é pra humilhar mesmo :-P)

    Mas o pior mesmo foi quando me perguntaram se eu estou estudando pra ser médico, por eu estar fazendo Doutorado…

  6. Pelo menos em português a gente não tem que agüentar “So, you’re not a REAL doctor!”

    Mas quando falo que faço Física, às vezes tenho que enfatizar que é Física sem educação.🙂

  7. homemacido disse:

    Unigrub, lugar de gente contente!
    Esse post só me lembra disso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: